Seis pessoas morreram em um acidente envolvendo uma caminhonete, uma carreta e um ônibus na BR-116, próximo a Governador Valadares, na madrugada desta segunda-feira (23). Segundo as primeiras informações do Corpo de Bombeiros, 12 pessoas ficaram feridas e foram encaminhadas ao hospital de Valadares; ainda não há informações sobre o estado de saúde delas.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, a caminhonete seguia sentido Valadares, invadiu a contramão e bateu de frente com a carreta, que seguia em direção a Teófilo Otoni. Com o impacto, o motorista da carreta perdeu o controle da direção e bateu no ônibus que estava atrás da caminhonete. O trânsito no local ficou totalmente interditado por cerca de quatro horas e já foi liberado. O acidente foi por volta da meia-noite.

Todos os mortos estavam no ônibus de turismo que havia sido fretado para levar um grupo de pessoas de Itaobim, no Vale do Jequitinhonha, para Belo Horizonte. A PRF informou que entre as vítimas estão duas idosas, de 76 e 75 anos, um estudante de 20 anos e um policial reformado, que não teve a idade divulgada. Os outros dois mortos ainda não foram identificados. Os corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal de Valadares.

Os veículos foram removidos para o pátio credenciado. A carreta transportava tubos metálicos e o material ficou espalhado fora da pista.

O G1 entrou em contato com a empresa de turismo responsável pelo ônibus, mas ninguém foi encontrado para comentar o caso.

Durante toda a manhã, familiares buscam informações sobre os parentes no hospital de Valadares. Renato Vieira Cacique é sobrinho de uma idosa, de 75 anos, que morreu no acidente. “Ele estava indo para Belo Horizonte fazer tratamento médico com outros familiares, todo mês minha tia tinha costume de ir nessa mesma empresa e infelizmente aconteceu o acidente. A nora dela também estava no ônibus e ficou ferida”, diz.

Fonte: G1

Responda