Com um currículo repleto de títulos, incluindo duas Ligas dos Campeões e dois Mundiais Interclubes, o lateral-esquerdo Adriano está perto de aumentar sua coleção. Em sua segunda temporada pelo Besiktas, da Turquia, o brasileiro pode conquistar o bicampeonato turco e a Copa da Turquia nas próximas semanas. Apesar da boa fase, o desejo para retornar ao futebol brasileiro já fala mais alto. Adriano tem contrato até junho de 2019.

Adriano conversou com o GloboEsporte.com e admitiu que tem interesse em voltar a atuar na sua terra natal. Revelado pelo Coritiba, o lateral de 33 anos não quer esperar muito tempo para retornar ao país porque quer jogar em alto nível.

– Cheguei a conversar com um clube da Série A, mas não se concretizou em proposta. Penso muito em voltar, e o momento é esse. Não dá para esperar muito porque o calendário brasileiro exige bastante. Quero mostrar meu futebol. Estou disposto a ouvir propostas para vestir a camisa de um grande clube – revela Adriano.

Com Filipe Luís e Marcelo constantemente convocados, dificilmente sobrará uma vaga para Adriano na Seleção. Mesmo sabendo que não será fácil conseguir retornar ao time comandado por Tite, o lateral ainda segue com esperanças.

– Claro que não é uma porta fechada. Tem pessoas na Seleção que conhecem o meu trabalho. É difícil porque não participei desta ‘Era Tite’. Tenho a esperança por uma oportunidade, mas fico feliz pelo momento da Seleção e pelo trabalho do Tite. Espero que continue neste mesmo nível até a Copa do Mundo para que consigamos ser campeões. Também sou um torcedor. Tenho amigos no grupo e sei que vão dar conta do recado.

Deixar o Barcelona ainda com um ano de contrato não é uma decisão fácil, segundo Adriano. Mesmo assim, sair do time catalão depois de quase seis anos foi uma decisão importante para o prosseguimento da carreira do lateral.

Fonte: GloboEsporte

Responda