Arctic Monkeys lançou nesta sexta-feira (11) “Tranquility Base Hotel & Casino”, após cinco anos sem lançamentos. Menos pop e mais enigmático do que os trabalhos anteriores, os fãs da banda criticaram e elogiaram os novos rumos do grupo inglês.

Pela primeira vez na carreira, a banda seguiu a tática proposta pelo guitarrista Jamie Cook de não lançar singles antes do álbum. O disco não tem refrão para dançar ou assobiar. Há pouquíssimas guitarras e as letras precisam de dedicação para cada referência ser pinçada.

O sexto álbum do Arctic Monkeys é quase um trabalho solo de Alex Turner. O cantor de 32 anos gravou, escreveu e produziu (pela primeira vez) a maior parte sozinho.

Além de A samba, single com samba composto somente por Arnaldo, o artista apresenta Se precavê, parceria inédita com Marcelo Fromer (1961 – 2001), guitarrista da banda Titãs que saiu de cena há 17 anos, vítima de atropelamento. A capa do single Se precavê tem arte assinada por Márcia Xavier.

RSTUVXZ é o primeiro álbum solo gravado em estúdio pelo ex-Titãs Arnaldo desde o anêmico Já é (2015), editado há três anos. O disco foi gravado ao longo de dez dias, em março deste ano de 2018, no interiorano estúdio paulista onde o artista se isolou para dar forma ao álbum feito com o toque da banda integrada pelo próprio produtor Curumin (bateria e programações), com André Lima (teclados), Betão Aguiar (baixo), Chico Salem (guitarra) e Edgard Scandurra (guitarra e vocal).

Editado através de parceria do selo de Arnaldo, Rosa celeste, com a distribuidora Pomm_elo, o álbum RSTUVXZ é o 15º título da discografia solo do artista – ou o 16º, se contabilizado o CD editado em 2000 com a trilha sonora feita pelo compositor para balé do Grupo Corpo.

Fonte: G1

Responda