A incógnita sobre a lesão no olho direito do atacante Bruno Henrique, do Santos, já dura longos três meses, mas parece estar chegando ao fim.

Após viajar a Frankfurt, na Alemanha, o camisa 11 do Peixe foi liberado para retornar aos trabalhos com bola sem o uso dos óculos. Ele foi examinado pelo doutor Claus Eckardt, entre terça e quarta-feira, em um centro de oftalmologia na cidade alemã.

Bruno Henrique chega ao Brasil nesta sexta-feira, quando deve voltar aos trabalhos com os companheiros no CT Rei Pelé. A avaliação feita na Alemanha deixou o departamento médico do Peixe animado.

Nas atuais condições, o atacante pode voltar a atuar entre três e quatro semanas. A informação foi publicada inicialmente pelo “UOL” e confirmada pelo GloboEsporte.com.

No momento, a única preocupação é a pressão intraocular, local onde o atleta sofreu as quatro lesões. O camisa 11 mudou a medicação nos últimos dias, o que fez e continuará fazendo a “mancha” no olho do atacante diminuir.
Bruno Henrique está parado desde o dia 17 de janeiro, quando recebeu uma bolada no olho direito na partida contra o Linense, pela primeira rodada do Campeonato Paulista, e foi diagnosticado com cinco lesões diferentes no local.

Ele ficou por muito tempo fazendo atividades físicas separado do restante do elenco e chegou até a trabalhar com bola, mas voltou a ser preservado antes de viajar à Alemanha. Agora, terá de recuperar a forma física e o ritmo de jogo para voltar o quanto antes.

Apesar de ter sido liberado para voltar aos trabalhos com bola, Bruno Henrique será avaliado constantemente por um oftalmologista, que acompanhará de perto a evolução do camisa 11. O Santos deve se pronunciar oficialmente nesta sexta-feira, por meio do médico Jorge Merouço.

Fonte: GloboEsporte

Responda