Se o Liverpool começou muito bem as quartas de final da Liga dos Campeões, vencendo o Manchester City por 3 a 0 a partida de ida, em Anfield, para um jogador em campo essa vitória foi ainda mais especial. Em um duelo particular com Gabriel Jesus a pouco mais de dois meses para o início da Copa do Mundo, Roberto Firmino espera ter impressionado o técnico Tite.

– É natural pensar na Seleção pelo trabalho que estou fazendo, vivo meu melhor momento. Quando o Tite precisar eu estarei preparado – comemorou Firmino.
Na briga para ver quem vai ser o dono da camisa 9 da seleção brasileira no Mundial, Firmino levou a melhor dessa vez. O atacante do Liverpool não marcou, mas deu a assistência para o primeiro gol de Mohamed Salah, se movimentou bem e foi muito aplaudido pela torcida.

Do outro lado, Gabriel Jesus, que começou como titular já que Agüero ainda se recupera de lesão no joelho, teve atuação apagada. A primeira – e única – finalização do atacante no jogo foi apenas aos 28 minutos do segundo tempo. Ele ainda levou cartão amarelo por reclamação logo depois e teve um gol anulado no fim.

– Eu estava muito feliz antes do jogo pelo meu aniversário. Agora não dá para continuar feliz com um resultado desse e com uma atuação individual dessa.

– Foi uma das minhas piores partidas, não consegui me movimentar e nem finalizar. Não tivemos tantas chances. Foi um jogo que eu, particularmente, não vou conseguir dormir.
– Falo pelo meu jogo. E os companheiros também não. Foi um jogo típico de Champions. Temos mais 90 minutos para reverter isso – disse Jesus.

Titularidade na Copa à parte, Firmino e Jesus já foram confirmados por Tite na lista de 23 jogadores que vão defender o Brasil na Copa da Rússia. A relação completa será divulgada em maio. Antes disso, os dois brasileiros vão se enfrentar novamente pela Liga dos Campeões. Na próxima terça, City e Liverpool se reencontram em Manchester. O time de Pep Guardiola precisa vencer por quatro gols de diferença para avançar.

Fonte: GloboEsporte

Responda