A comerciante Carolina Giraldelli, 26 anos, pintou o rosto para ficar semelhante ao filho de 1 ano, Enzo Giraldelli Cestari, que possui uma mancha de nascença no rosto. Ela fez uma foto e postou no Instagram. A imagem de mãe e filho que moram em Cáceres, a 220 km de Cuiabá, repercutiu nas redes sociais e até nos veículos de comunicação internacionais.

“Isso é apenas um pouco do carinho e amor que a mamãe sente, queria poder sentir em meu rosto um pedacinho de você”, diz trecho da mensagem publicada no dia 11 deste mês, pouco antes do Dia das Mães, e que já teve 5,2 mil curtidas.

Carolina contou que não vê diferença no filho e que fez isso para que ele pudesse se identificar e se sentir normal. “Tento adotar atitudes que mostrem ao bebê que não passa de uma pinta. Me saio bem diante do preconceito”, disse.

Ela afirmou que não imaginava que fosse ter a repercussão que teve e enfatizou que fez “por amor”. “Quero que ele enfrente a sociedade como ele é”, declarou.

O caso foi divulgado até pela imprensa internacional. Os jornais britânicos Daily Mail e o The Independent repercutiram o assunto.

De acordo com ela, é quase que comum as pessoas olharem “atravessado” para o filho dela, mas que nunca pensou em cirurgia plástica ou qualquer outra medida para tentar retirar a mancha.

Após a postagem, Caroline disse ter recebido mensagens de mães que também têm filhos com manchas de nascença, a elogiando pela atitude.

Por causa da pinta, é preciso alguns cuidados, como não se expor ao sol e, para isso, só sai de casa com protetor solar, bonés e chapéus.

“À medida que ele cresce, a mancha vai clareando, porque a pele vai esticando”, explicou. Enzo faz acompanhamento com um dermatologista no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Segundo Carolina, ele não corre risco de ter câncer de pele.

Fonte: G1

Responda