Ao mesmo tempo que os EUA podem ser um país que incentiva o avanço da tecnologia no mundo, eles também conseguem ser absurdamente retrógrados. Só o fato de eles não utilizarem o sistema métrico — como o resto do mundo — já diz muito, mas o fato de não ser obrigatório usar chip e senha para fazer pagamentos com cartão por lá é o que realmente nos faz pensar o que tem na cabeça das autoridades por lá. De acordo com informações do New York Times e do The Verge, consumidores não precisarão mais assinar recibos de pagamentos com cartão de crédito nos EUA. Um avanço, certo?

Rogério compartilhou em um grupo do mensageiro um vídeo com a foto da prefeita, dizendo se tratar de uma entrevista com ela. No entanto, a pessoa que reproduzisse o vídeo ia apenas cair na pegadinha, ouvindo o áudio retirado de um filme pornográfico.

O juiz responsável pelo caso determinou que o homem deveria se comprometer a respeitar a vítima, pedindo desculpas pelo que fez e publicando um vídeo com a seguinte mensagem no mesmo grupo onde compartilhou o gemidão: “Meu nome é Rogério Antão e quero aqui me retratar da postagem ofensiva que fiz à prefeita Regina, pedindo as minhas mais sinceras desculpas e me comprometendo a respeitá-la”.

Em entrevista, a prefeita disse que entrou com a ação como uma cidadã e não por causa do cargo que ocupa. Ela lembrou que o vídeo não continha nenhum tipo de crítica à administração, sendo apenas um ataque pessoal: “Existe livre expressão, mas nem todos estão preparados para isso […]. Falta educação, respeito e bom senso. Quando isso acontece é preciso recorrer ao judiciário”, afirmou.

Fonte: TecMundo

Responda