Willian e Philippe Coutinho foram os escolhidos para falar com a imprensa após o treino fechado da seleção brasileira em Moscou nesta quarta-feira. Ambos já foram confirmados por Tite na Copa do Mundo, e o meia do Chelsea falou da parceria com o ex-adversário na Premier League nos tempos de Liverpool de Coutinho, com quem pode fazer companhia no time nos amistosos deste mês contra Rússia e Alemanha.

Coutinho respondeu com mais elogios:

– Falar do Willian é fácil, é um cara grande dentro e fora do campo, com qualidades imensas, sou fã dele, feliz por compartilhar momentos dentro da Seleção. A explosão, habilidade, qualidade de finalização, é um jogador completo.

Até a virada do ano, eles eram rivais de clube. Na Seleção, também brigavam por uma posição posição, o que mudará com a lesão de Neymar e uma possível mudança no posicionamento de Coutinho no meio de campo. Disputas à parte, a amizade fora das quatro linhas prevalece.

– Entre Chelsea e Liverpool na época, éramos rivais, cada um defendia seu lado, mas na Seleção e até mesmo fora de campo temos uma amizade boa, bem legal, entre as famílias também. Isso é bacana, ainda melhor para nós na Seleção termos união fora de campo para que dentro as coisas possam fluir melhor – disse Willian

Veja mais respostas de Willian:
Seleção russa
– Joguei seis meses na Rússia, conheço alguns jogadores dos tempos de Anzhi. São rápidos, um elenco jovem, mas esperamos um jogo difícil. Estamos nos preparando bem para esse jogo preparatório para a Copa, nosso objetivo é jogar bem para continuarmos o que vínhamos fazendo. Nosso objetivo principal é a Copa do Mundo.

Garantido na Copa e situação dos mais novos do grupo
– É uma felicidade muito grande saber que vou disputar mais uma Copa do Mundo, mais um sonho se realizando na minha vida. Sempre tem ansiedade do jogador que chega pela primeira vez, mas como aconteceu comigo, fui recebido com carinho, e esses também. Demos confiança a eles e esperamos que eles possam fazer o melhor, estamos aqui para ajudá-los da melhor forma. Somos um grupo e queremos o melhor de todos.

Neymar
– O Neymar é um jogador importante, sabemos da importância dele na Seleção, mas acho que o importante hoje é o coletivo muito forte. Isso aparecendo, as individualidades vão aparecer normalmente. Queríamos tê-lo conosco, mas temos grandes jogadores que podem fazer a diferença.

Ismaily
– Eu não conhecia o Ismaily, quando eu saí do Shakhtar ele chegou, mas já vi alguns jogos do Shakhtar e pude conhecê-lo pessoalmente agora. Se ele está aqui é porque fez por merecer, o Shakhtar vem jogando muito bem, fez uma campanha boa na Champions e acabou sendo eliminado, mas pelos jogos que vi é um jogador de muita qualidade. Estamos aqui para ajudá-lo da melhor maneira possível.

Preparação pessoal para a Copa
– Sem dúvida nenhuma vou procurar fazer meu melhor para chegar melhor do que em 2014, você amadurece e aprende muitas coisas. Tenho feito trabalhos específicos, mudado alimentação dentro da minha casa para poder chegar bem à Copa do Mundo. O objetivo é ajudar a seleção brasileira.

Ser protagonista na Copa
– Acho que nosso objetivo, meu e de todos os jogadores, é quanto mais estarem em alto nível, jogando cada vez melhor, será bom para nós e a seleção brasileira. O objetivo não é ser protagonista, e sim levantar a taça de campeão do mundo. O protagonismo tem de ser de toda a equipe, esse é nosso objetivo. O que quero é ser campeão do mundo.

Diferenças de preparação em relação à Copa-2014
– Cada profissional tem sua maneira de trabalho, prefiro não voltar no tempo e falar sobre a Copa de 2014. É claro que essa questão da família estar perto tivemos pouco isso em 2014, e nessa agora a comissão técnica está vendo a melhor maneira de podermos ter mais contato com os familiares. Será importante tê-los perto da gente. E é importante ter treinos fechados às vezes, trabalhar mais concentrados, sempre visando fazer nosso melhor.

Disputa com Coutinho
– A lealdade, honestidade, isso é importante. Em todo esse período eu e Coutinho sempre tivemos isso, nunca um fez cara feia para o outro, sempre nos demos muito bem, eu torci por ele quando ele era titular, e vice-versa. Importante é ser leal, o Tite sempre preza essa palavra. Esse jogo de sexta-feira vocês vão saber qual é a equipe, deixa o Tite falar.

Veja as informações da seleção brasileira para enfrentar a Rússia:

Local: estádio Luzhniki, em Moscou (RUS)
Data e horário: sexta-feira, às 13h (de Brasília)
Provável escalação: Alisson, Daniel Alves, Marquinhos, Miranda e Marcelo; Casemiro, Paulinho e Coutinho; Willian, Douglas Costa e Gabriel Jesus
Desfalques: Neymar (fratura no quinto metatarso do pé direito), Filipe Luís (fratura na fíbula da perna esquerda) e Alex Sandro (lesão muscular na coxa direita)
Arbitragem: Aleksei Kulbakov (BLR), auxiliado por Dzmitry Zhuk e Aleh Maslianka (ambos de Belarus)
Transmissão: TV Globo (com Galvão Bueno, Casagrande, Júnior e Arnaldo Cezar Coelho), SporTV (com Luiz Carlos Jr, Lédio Carmona e Roger Flores), reportagens de Tino Marcos, Mauro Naves e Marcelo Courrege, e GloboEsporte.com
Tempo Real: GloboEsporte.com, a partir das 11h30

Fonte: GloboEsporte

Responda