O prefeito da cidade de São Paulo João Dória quer implantar um mini “Vale do Silício” na capital até 2020 e pede a colaboração do setor privado para realizar esse projeto. O local desejado: onde hoje é o Ceagesp, antigo Ceasa, que centraliza o abastecimento de gêneros alimentícios, como hortículas e grãos, além de outros produtos.

Os planos de tirar o Ceagesp do local onde está não são novidades, mas ficou decidido que em 12 de março a Prefeitura vai receber as propostas dos seis consórcios aprovados para a construção do novo entreposto que ainda não tem local definido. A área liberada pelo Ceagesp já está nos planos de Daniel Annenberg, secretário municipal da Inovação e Tecnologia.

Annenberg disse à publicação Valor: “Pedimos o apoio de empresas como Google, Facebook, Microsoft, Cisco e IBM para o projeto que quer transformar a região em um polo de negócios inovadores”. O prefeito Dória disse que a ideia é “transformar o atual Ceagesp em um Vale do Silício”. O objetivo é faz algo parecido com o que foi feito em Recife, no Porto Digital, que abriga incubadoras, centros de pesquisa, startups e outras empresas de tecnologia.

O secretário afirma que o sucesso do empreendimento pode gerar o maior polo tecnológico da América Latina, que pode ainda contar com parcerias com a Fapesp, a Embrapa e até o Hospital Albert Einstein.

Fonte: TecMundo

Responda