Questionado neste sábado sobre a declaração de Diego, do Flamengo, Tite pensou, respirou fundo – ficou em silêncio por 10 segundos -, mas preferiu se eximir de comentar as declarações de Diego por não ter sido chamado pelo técnico da seleção brasileira para a Copa do Mundo.

– A manifestação… (pausa) Tenho uma série de atenções importantes, responsabilidades importantes. Quero ficar focado no meu trabalho, nos atletas todos. Da Seleção – disse Tite, neste sábado, véspera do amistoso contra a Croácia, em Liverpool.

Diego fez longa explanação para falar do plano frustrado de ir para a Copa e reclamou de interpretações equivocadas e maliciosas de sua análise. Num trecho, ele fala “perco em não ir à Copa, mas a Seleção também perde, por não ter um jogador com a minha qualidade e experiência. Mas, o respeito e admiração pelo Tite continua intacto. É um treinador sensacional”.

Convocado durante a preparação para a Copa, Diego afirmou ainda que daria conta do recado se tivesse entre os 23 convocados para a Rússia.

– No período da convocação, talvez eu não estivesse em evidência. Mas, é impossível estar em evidência na véspera de todas as convocações. Se o Tite tivesse depositado a confiança em mim, eu estaria lá hoje e corresponderia – falou.

Fonte: GloboEsporte

Responda