A morte causada por um veículo autônomo da Uber em Tempe, no Arizona, ainda repercute. Porém, esse assunto pode ter sido “resolvido” em relação à família da vítima, segundo o que afirma Cristina Perez Hesano, advogada dos familiares de Elaine Herzberg.

Nenhuma informação sobre o que ficou acordado foi divulgada para a imprensa. Inclusive, um porta-voz da Uber se recusou a comentar sobre o assunto. Porém, é até compreensível essa atitude devido à repercussão do acidente, principalmente pelo fato de ter envolvido um veículo autônomo.

Fonte: G1

Responda